terça-feira, 26 de março de 2013

Alerta para as inundações decorrentes do funcionamento irregular da Hidroeléctrica de Ruães

Como é público, a Hidroeléctrica de Ruães apresenta condições de funcionamento irregulares. Hernãni Monteiro, sócio da Katavus, tem alertado, por várias vezes, as entidades competentes para a situação que condiciona o volume legal do caudal do rio. Mais uma vez, vem a alertar para o que presentemente se verifica a jusante da Ponte de Prado devido às actuais condições climatéricas. Aqui deixamos o seu alerta para quem de direito aja em conformidade:

"Venho através do presente transmitir-lhe que a população que vive na Rua João Dias Soares, freguesia de Merelim (São Paio), concelho de Braga, vive no dia de hoje em completo sobressalto, temendo pelas suas vidas e pelos seus bens.


Os campos agrícolas estão completamente inundados e os regatos completamente cheios.

Isto fruto das fortes chuvas que estão a cair e pelo facto do promotor do aproveitamento hidroelectrico de ruães, Mire de Tibães, Braga, ter colocado sobre a crista do açude uns pranchões com a altura de 50 (cinquenta) centímetros e passando o rio cávado sobre o mesmo em mais 30 (trinta) fazendo elevar a cota do rio para cerca de 22 (vinte e dois) metros, ultrapassando o legalmente permitido que é de 19.46 (dezanove metros e quarenta e seis centimetros).
Este comportamento coloca-nos a tos em risco assim como a população da Vila de Prado, concelho de vila Verde".

Sem comentários:

Enviar um comentário